terça-feira, 14 de julho de 2009

Somos! Somos?


Dizem por aí que o ser humano é um ser bio-psico-social. Às vezes me pergunto qual dessas esferas é a mais complicada de todas, o biológico fugindo ao nosso controle? O psicológico nos controlando? Ou o social nos saturando e nos faltando. Sempre nos influenciando - em atos, pensamentos ou sentimentos.

Somos um conjunto orgânico, de variáveis ambientais, físicas, emocionais, situacionais, comportamentais, culturais, que por mais que tentemos sempre nos dão a volta até percebermos quão insignificantes podemos ser em determinados momentos.

Sentimo-nos cheios e vazios. Seguros e indecisos. Fortes e exaustos. Esperançosos e pessimistas. E ao mesmo tempo que a instabilidade aniquila, também nos traz a capacidade extraordinária de se rever e se reerguer todos os dias.

Queremos estar sós, queremos estar junto. Não sabemos o que queremos. Pensamos demais em coisas de menos. Sentimos pouco o que ocorre muito e nos incomodamos com detalhes supérfluos que nos atrapalham consideravelmente - mais pelo incomodo presenciado do que pelo que realmente representam em nosso dia a dia.

Julgamos e não queremos ser julgados. Não entendemos e queremos ser compreendidos. Repreendemos e queremos ser aceitos.

Somos complexos de tão simples. E tão perdidos por sermos tão complexos.
Somos humanos.

5 comentários:

Renato disse...

Interessante, essas diversas facetas. Estava lendo um material sobre um momento em que alguns desses aspectos colidem dentro de uma teoria chamada o dilema (ou a tragédia) dos comuns. A qual descreve e discute nosso comportamente acerca de alguns problemas bem reais como destruição do meio ambiente e corrida armamentista

Renato disse...

O dilema descreve a colisão entre o nosso aspecto social e o individual.

Ana disse...

Bubu....

Sandra disse...

Adorei...o post e todo o blog. Vou voltar.
Aproveito para fazer o convite para visitar o meu blog:
http://sandrablogwithaview.blogspot.com/
Sandra

On The Rocks. disse...

somos humanos.

massa!


bj